Sep 04 2013

Maravilhas do Brasil!

Published by at 12:33 pm under Uncategorized

Bom dia!

Que dia lindo na nossa Dickinson College!

Sol, céu azul, o vento nas árvores… Isso tudo me inspirou a fazer uma publicação sobre os lugares mais lindos do Brasil!

Mas, antes de qualquer coisa, gostaria de saber: qual é o lugar MAIS bonito do Brasil, na sua opinião?

Se (ainda) não teve a oportunidade de visitar o Brasil, qual lugar você gostaria de conhecer?

Vamos ver algumas opções abaixo…

 

FONTE: http://vivajari.webnode.com.br/os-lugares-mais-belos-do-brasil/

 

Os Lugares mais belos do Brasil

Em todo o mundo existem lugares maravilhosos, verdadeiros paraísos ainda intocados pela mão humana. No Brasil não é diferente. Aliás, o Brasil tem algumas das paisagens mais belas do planeta. Fizemos uma seleção de dez lugares paradisíacos do país para você conhecer nas próxima férias. Aproveite o passeio…

Amazônia

A Amazônia está localizada no norte do país e forma a maior floresta tropical do mundo. Possui uma flora e fauna única, não encontrada em nenhum outro lugar do mundo. Abrange além dos estados do Pará, Amazonas, Acre, Tocantins, Mato Grosso, Roraima, Rondônia e Amapá, regiões da Venezuela, Colômbia, Peru, Guianas e Suriname.

Bonito

Bonito e Miranda no estado do Mato Grosso dispõem dos rios mais límpidos do Brasil, muito procurados por mergulhadores pela visão dos peixes e ambientes subaquáticos. A região, que faz parte do pantanal matogrossense, tem uma rica fauna e flora muito bem preservada, além de belíssimas cachoeiras.

Canyon do Itaimbézinho

O Canyon do Itaimbézinho fica localizado no Parque dos Aparados da Serra, Município de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul. Sua extensão atinge 5.800 metros e uma largura que varia entre 200 e 600 metros. Sua profundidade máxima é de 720m. As paredes de cor amarelada e avermelhada são cobertas, de ponto em ponto, por vegetação baixa. Ao redor do cânion os pinheiros nativos completam a paisagem.

Cataratas do Iguaçú

As Cataratas do Rio Iguaçú estão localizadas no estado do Paraná, no Parque nacional do Iguaçu, criado em 1939 abriga o maior remanescente de floresta Atlântica da região sul do Brasil. O Parque protege uma riquíssima biodiversidade, constituída por espécies representativas da fauna e flora brasileiras, das quais algumas ameaçadas de extinção, como onça-pintada, puma, jacaré-de-papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo, gavião-real, peroba-rosa, ariticum, araucária, além de muitas outras espécies de relevante valor e de interesse cientifico. São 600.000 hectares de floresta preservada abrigando as maiores cataratas do Brasil.

Chapada Diamantina

O Parque Nacional da Chapada Diamantina engloba varios municípios do estado da Bahia. Ele ainda não possui controle de visitação e é possível conhecê-lo a partir de diversas localidades, principalmente de Lençóis, do Vale do Capão, de Mucugê e Andaraí. O acesso aos seus atrativos, na maioria das vezes, é realizado por meio de caminhada. O parque dispõem de uma rica fauna e flora do nordeste brasileiro. Além disso conta com uma ótima infraestrutura para a prática de esportes radicais.

Chapada dos Guimarães

No Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, predominam as formações abertas, tipo savana, caracterizadas por vegetação adaptada à sazonalidade típica da região. Os rios que cortam o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães integram a Bacia do Alto Paraguai e são tributários do rio Cuiabá, um dos principais formadores da Planície Pantaneira. A proteção destes rios foi um dos motivos que levaram diversos segmentos sociais a se mobilizarem pela criação do Parque.

Lençóis Maranhenses

Os lençóis Maranhenses estão localizados no estado do Maranhão. São 155 mil hectares de pura natureza, num roteiro que dá oportunidade de ver o pôr-do-sol inesquecível, conhecer a flora e fauna características da região, além de grandes vastidões de dunas, lagoas, banhos de mar. Barra do Tatu, Moitas, Morro do Boi, Ponta do Mangue e Vassouras são algumas das lindas praias do parque. Para conhecê-las, chega-se de barco partindo-se de Barreirinhas.

Litoral Brasileiro

O Litoral Brasileiro é generoso em praias e ilhas. São mais de 6.000 kilometros de areias, mar e palmeiras. Algumas destacam-se pela beleza e mar límpido como:

-Fernando de Noronha: é a mais importante de um grupo de 21 ilhas de mesmo nome a 340 km de Recife – Pernambuco, declarada parque marinho nacional desde 1988. As praias são de dois tipos: aquelas viradas para a costa (10 praias e uma Baía dos Golfinhos) e aquelas viradas para alto mar (4 praias, com piscinas naturais e um torrente).

-Praia do Pipa: Esta praia se encontra a sul da costa do Rio Grande do Norte, a 90 km de Natal e a 10 km de praias em que é possível nadar, passear, contemplar a natureza circundados de areias douradas, piscinas naturais de água quente, coqueiros e encostas espetaculares. Além disso, esta praia é habitada por tartarugas e golfinhos.

-Praia de Jericoacoara: Há 20 anos atrás esta praia era um simples vilarejo de pescadores sem energia elétrica. Hoje, mesmo com a chegada da eletricidade continua a existir a paz e a serenidade que sempre lhe foram atribuídas. A razão que contribuiu para manter este ambiente é o difícil acesso. De fato, Jericoacoara significa “buraco de tartaruga” e o nome deve-se às tartarugas que procuram nesta praia a proteção para depositar seus ovos. Mas o que realmente encanta nesta praia é o pôr-do-sol.

-Porto de Galinhas: A praia de Porto de Galinhas tem uma história muito particular. No século 19, o governo brasileiro proibiu o comércio de escravos, muito comum no Recife até então. Porém, os piratas continuaram o tráfico clandestinamente e começaram a fazer o desembarque dos escravos em praias mais isoladas. Quando os “navios negreiros” (este foi o nome dado aos navios que continuaram o comércio) chegavam no porto, disfarçavam suas atividades usando mensagens em código, como: “chegaram novas galinhas na praia”, em que as galinhas, obviamente, eram os escravos; dando origem ao atual nome.

-Canoa Quebrada: Canoa Quebrada é um pequeno e antigo vilarejo escondido na encosta e descoberto pela comunidade hippie nos anos 60. O mar aqui é particularmente transparente e é circundado de enormes dunas multicoloridas, onde do cume é possível apreciar o que os habitantes chamam de “a magia do pôr-do-sol” e durante a noite de lua cheia o mar transforma-se em um imenso espelho prateado em que é possível ver a lua dançar na água. O ecossistema desta praia é frágil e por este motivo uma particular atenção deve ser tomada com as dunas e encostas.

-Praia do Rosa: é desenhada em meia-lua e circundada de lagunas e colinas cobertas pela vegetação nativa e meta muito apreciada para os praticantes de surf. Dispõe de cerca 6 / 3 km de extensão e foi descoberta durante os anos 60 por navegadores que desfrutavam a Praia do Rosa com suas excelentes ondas. A beleza desta baía é reconhecida em todo o mundo, tanto que faz parte do “Club das baías mais belas do mundo” feito pela UNESCO.

-Praia da Pitinga: Pitinga é certamente uma das mais belas praias da Bahia. Em frente à praia existe uma grande montanha, rica de vegetação, que dá a ideia, enquanto se está nadando, de estar em algum paraíso perdido.

 

Já escolheram a próxima parada?

Tchauzinho!

No responses yet




Trackback URI | Comments RSS

Leave a Reply